Insatisfeito com banco, santista diz que Adilson é "cara certo"

Protagonista de polêmica no último domingo, após o revés do Santos por 3 a 2 contra o Grêmio Prudente, de virada, na Vila Belmiro, o meia Marquinhos afirmou nesta terça-feira que "é óbvio que não fica satisfeito com a reserva" no time alvinegro e acrescentou que Adilson Batista tem características para ser o "cara certo" para o clube praiano.

"Óbvio que não fico satisfeito com a reserva, mas respeito o Marcelo, ele sendo interino ou não. Independente de estar ele ou o Dorival, vou continuar trabalhando nos treinos para ganhar a posição do Alan, que vem treinando bem. Eu não estar contente acontece, mas vou buscar meu espaço", afirmou o jogador, que aproveitou para opinar sobre o possível novo técnico santista.

"O Adilson (Batista) é um cara com o perfil que a equipe do Santos joga. Ele gosta disso, de toque rápido, como o Cruzeiro e o Figueirense que ele treinou antes. Tocam e saem no contra-ataque em velocidade. Ele tem as características para ser o cara certo no comando do Santos", disse.

O meia também ressaltou a experiência de Batista na Copa Libertadores da América - competição que o time alvinegro garantiu vaga após conquistar a Copa do Brasil. Além do vice pelo Cruzeiro como treinador, o técnico foi campeão do torneio continental como jogador pelo Grêmio, em 1995. Na época, ele era o capitão da equipe gaúcha.

"O Adilson é uma grande pessoa, já venceu a Libertadores como atleta e como técnico foi vice-campeão. Ele tem tradição nessa competição, era conhecido como 'Capitão América'. As equipes dele têm qualidade técnica e ele será bem-vindo aqui", completou Marquinhos.

O técnico trabalhou com o meio-campista no Paraná Clube, em 2003. Além dele, o treinador também dirigiu o atacante Marcel, quando ainda estava no Cruzeiro. Esses são os dois únicos jogadores do atual elenco santista que conhecem de perto o provável futuro comandante do clube alvinegro.

O nome de Adilson, ex-Cruzeiro e Corinthians, ganhou força após a recusa de Abel Braga e se tornou o favorito para assumir a equipe praiana. Sua contratação é tratada como prioridade nos bastidores da Vila Belmiro e a expectativa é que o negócio seja fechado em breve.

O Santos treinou na manhã desta quarta-feira no CT Rei Pelé debaixo de um clima ameno na Baixada Santista. No primeiro período, os jogadores realizaram atividades como trote em volta do campo, alongamento e um mini coletivo em gol pequeno. O foco é o confronto contra o Internacional no próximo sábado, às 16h (de Brasília), no Beira-Rio.