Goleiro do Botafogo vê jogo difícil contra Atlético-MG e mira nova convocação

Sempre buscando alcançar as metas pessoais, Jefferson, goleiro do Botafogo tem conseguido alcançar seus objetivos. Segundo o goleiro, ao chegar no time alvinegro em 2009, seu primeiro objetivo com a camisa do Glorioso, era conquistar um título. Meta criada, fato consumado, o Fogão foi campeão carioca em 2010, com vitória em cima do maior rival, Flamengo.

Outro objetivo do atleta botafoguense era ser convocado para a Seleção Brasileira, meta que também foi alcançada neste ano, ao ser chamado para amistosos da equipe do treinador, Mano Menezes.

Para conquistar um objetivo ainda maior na carreira, como a conquista do Campeonato Brasileiro, o jogador afirma que a calma e equilíbrio são fundamentais para se conquistar as metas almejadas. Mas para isso a equipe botafoguense precisa vencer as partidas que tem pela frente, como o confronto com o Atlético Mineiro:

"Sabemos que é um jogo difícil, pois o Atlético-MG têm suas metas. Mas temos as nossas e temos que pensar que são maiores. Vamos em busca dos três pontos", garante.

Quando o assunto é convocação, o jogador se diz ansioso, mas mostra maturidade sobre o assunto e acredita que o trabalho árduo o levará a uma boa sequência na Seleção

"Há um pouco de ansiedade, mas controlo, pois penso primeiro no Botafogo. Tenho esperança de ir devido ao trabalho que faço aqui. Se a chance aparecer, vou procurar aproveitar",  afirma o atleta que conta como tem trabalhado diariamente no Fogão:

"Na primeira convocação, disse que tinha que manter os pés no chão. A Seleção pode representar um trampolim ou uma queda. Não dá para você achar que é rei ou menosprezar alguém. Trabalho ainda mais, se precisar sou o primeiro a entrar e o último a sair do campo", explicou Jefferson, tranquilo para a próxima convocação de Mano Menezes, na sexta-feira.