Futebol francês gera 4,3 bilhões de euros e 25 mil postos de trabalho

O futebol profissional francês fatura anualmente 4,3 bilhões de euros e cria 25 mil postos de trabalho, segundo o presidente da União de Clubes Profissionais de Futebol (UCPF), Jean-Pierre Louvel.

O presidente citou à AFP, nesta terça-feira, as conclusões do estudo "Barômetro do Futebol Profissional", que analisa o impacto econômico e de trabalho do futebol profissional na França. "O futebol profissional gera 4,3 bilhões de euros diretos e indiretos. É uma grande empresa nacional. O retorno de investimento para o Estado chega a 1,1 bilhão de euros".

Louvel também é presidente do Le Havre, clube da segunda divisão francesa. "Em termos de emprego, são criados 25 mil postos de trabalho, o que não é nada mal na situação atual. Cada jogador cria 22 postos de trabalho", acrescentou.

A UCPF publicará, na quarta-feira, o estudo, realizado entre janeiro e junho.