Evento da Superliga tem reencontro de Ricardinho e tri mundiais

O lançamento da temporada 2010/2011 da Superliga Masculina teve o aguardado reencontro entre o levantador Ricardinho e o elenco que acaba de conquistar o tricampeonato mundial com a Seleção Brasileira na Itália. A mais nova estrela do Vôlei Futuro teve contato com os ex-companheiros nesta terça-feira, em São Paulo, pela primeira vez desde o polêmico afastamento da equipe nacional às vésperas dos Jogos Pan-Americanos de 2007, disputados no Rio de Janeiro.

Ricardinho foi cortado pelo técnico Bernardinho em julho de 2007 e deu lugar ao levantador Bruninho, filho do treinador e jogador do Florianópolis. A equipe, aliás, foi a única que não participou do apresentação na capital paulista, já que disputa a Liga Sul-Americana, em Buenos Aires. O atleta, no entanto, se recupera de uma lesão no tornozelo esquerdo, sofrido na semifinal do Mundial contra a Itália.

Fora Bruninho, todos os outros que participaram da campanha brasileira e atuam no País participaram do evento, com destaque para Giba, do Pinheiros, e Murilo, eleito melhor jogador do Mundial e agora atleta do Sesi, time em que será comandado pelo ex-jogador Giovanni. Além do grupo que voltou com novo troféu da Itália, o evento contou com a presença de outros ícones do vôlei e com história de sucesso pela Seleção, como Serginho, Marcelinho e Maurício.

Os integrantes do título mundial ainda foram homenageados na cerimônia de lançamento com uma camisa comemorativa e foto oficial. O evento teve ainda presenças do presidente da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Ary Graça, e do Ministro do Esporte, Orlando Silva. Ao todo, 15 times disputarão a Superliga: São Bernardo, Campinas, Pinheiros, Santo André, São Caetano, Sesi, Vôlei Futuro (São Paulo), Blumenau, Florianópolis (Santa Catarina), Montes Claros, Cruzeiro, Minas (Minas Gerais), Sogipa (Rio Grande do Sul), Londrina (Paraná) e Volta Redonda (Rio de Janeiro).