Santos tem reforços e ainda acredita no título

 

      SÃO PAULO - Em seu retorno aos treinos, após a derrota por 4 a 3 para o São Paulo, no último domingo, no Morumbi, o Santos contou com oito reforços nesta quarta-feira. Além disso, mostrou confiança e ainda sonha com o título do Campeonato Brasileiro, mesmo estando seis pontos atrás do líder Cruzeiro.

Bruno Rodrigo, Bruno Aguiar, Rodriguinho, Léo, Marquinhos, Mádson, Marcel e Keirrison deixaram o departamento médico e retornaram às atividades nesta quarta, no CT Rei Pelé, e reforçaram a equipe alvinegra. Foi a primeira vez que todos treinaram juntos após as lesões.

Sobre o título nacional, a equipe alvinegra acabou "beneficiada" pelo revés do líder Cruzeiro contra o Grêmio por 2 a 1. Faltando oito rodadas para o término da competição, o meio-campista Alan Patrick acredita que ainda é possível o time alvinegro conquistar o troféu de campeão brasileiro.

"Não mudou nada com a derrota para o São Paulo. Ainda é possível. Continua a mesma coisa. Acho que tem oito rodadas para buscarmos a diferença. Enquanto tivermos essa condição de buscar, vamos buscar. Temos um jogo importante contra o Grêmio Prudente aqui em casa e temos que ir de passo a passo buscando as vitórias", afirmou o jogador, nesta quarta-feira.

Sobre o rival do próximo domingo, o Grêmio Prudente, o atleta rejeitou um eventual favoritismo santista. "Campeonato Brasileiro não tem jogo fácil. Cada jogo é uma história e a dificuldade é grande contra qualquer time". "Não é porque é o Grêmio Prudente que vem na Vila que nós vamos entrar relaxados. Sempre respeitando o adversário. Domingo, mais do que nunca temos que ter seriedade. Faltam oito partidas essenciais para buscarmos o título", acrescentou o atacante Zé Eduardo.

O Santos treinou na manhã desta quarta debaixo de forte sol na cidade. A atividade começou por volta das 10h15 e contou com a presença de todo o elenco, com exceção de Paulo Henrique Ganso e Felipe, que só devem retornar em 2011. O confronto contra o Grêmio Prudente acontece no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro.