Prost critica e diz que idade pode "estar pesando" para Schumacher

Alain Prost foi tetracampeão mundial de F1

     PARIS - Aposentado, o francês Alain Prost não poupou críticas ao alemão Michael Schumacher. O piloto da Mercedes retornou à Fórmula 1 ao interromper uma aposentadoria de três anos, mas não conseguiu subir até agora ao pódio e tem sido batido de forma consistente pelo companheiro Nico Rosberg.  Em entrevista ao L'Equipe, o tetracampeão afirmou que Schumacher errou ao não dizer que estava retornando para apenas ajudar Rosberg, a Mercedes ou o amigo Ross Brawn no primeiro ano.  Em vez disso, teria "faltado humildade" ao não reconhecer que enfrentaria problemas em voltar à categoria após um longo período de inatividade.

Em 1993, Prost, aos 38 anos, voltou à F1 após ter ficado parado no ano anterior. Com o perfeito carro da Williams, o francês superou a McLaren do brasileiro Ayrton Senna para ser tetracampeão.

Por sua vez, Schumacher retornou aos 41 anos e não conseguiu repetir a antiga performance que o levou a sete títulos mundiais. Para o francês, a idade "pode estar pesando".