"Não vai ter lugar para mosquito", diz Renato Gaúcho sobre Gre-Nal

Demorou uma, duas, três perguntas, mas à medida que se desenrolou a entrevista desta terça-feira, no Grêmio, o técnico Renato Gáucho não se conteve e soltou uma declaração para promover o Gre-Nal: "domingo não vai ter lugar para mosquito".

O treinador tricolor também aproveitou o momento para criticar o comportamento de jogadores "robôs" que não falam o que realmente pensam, orientados às vezes pelo clube, outras pelas assessorias de imprensa.

"O torcedor gosta de jogador que o motive a ir para o estádio. Aquele cara que a torcida sabe que se garante e que a torcida adversária sacaneia porque sabe que ele pode decidir. Por isso, eu tenho saudade do Romário e do Edmundo, eles fazem falta. Faziam a gozação no bom sentido para as torcidas rivais", destacou o técnico.

Curiosamente, Renato declarou também ter pedido aos jogadores do Grêmio para tomarem cuidado durante a semana com o que vão dizer na imprensa. O técnico afirmou que nos tempos de jogador, muitas vezes, falava algumas coisas apenas para promover o espetáculo.

Em relação ao time, a dúvida passa a ser apenas André Lima, ainda com dores no joelho esquerdo. Renato deu a entender que não irá mexer no meio de campo. Assim, Vilson permanece como primeiro volante e Adilson na reserva. Nesta quarta à tarde, o Grêmio realiza jogo treino-contra o Porto Alegre, no Olímpico. A escalação deve ter Victor; Gabriel, Paulão, Rafael Marques e Fábio Santos; Vilson, Rochemback, Lúcio e Douglas; Jonas e Júnior Viçosa.