Elenco rubro-negro ainda sonha com vaga na Libertadores

"O Flamengo vive uma fase boa e temos que aproveitar esse momento para subir ainda mais na tabela". É com este pensamento, expressado pelo volante Willians, em entrevista coletiva após o treino desta terça-feira, que o Flamengo vai entrar em campo nas próximas e últimas oito rodadas do Campeonato Brasileiro de 2010.

A primeira meta rubro-negra na competição era a de se afastar um pouco mais da zona de rebaixamento – isso a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo já conseguiu. O segundo objetivo era entrar na zona de classificação para a Sul-Americana 2011 – também já feito. Agora, é manter-se nesta parte da tabela e, quem sabe, até mesmo sonhar com uma vaga no G4?

"Como eu disse na última semana, não acho que seja sonhar distante pensar na Libertadores. Vamos em busca do maior número de pontos possível, e agora que abriu ainda mais uma vaga no G4, temos que sonhar grande sim", disse o jogador, que teve o discurso endossado por Willians, que sonha com 24 pontos nos próximos oito jogos.

"Temos um trabalho longo pela frente ainda, são 24 pontos em jogo, e esperamos corresponder às expectativas. Estamos otimistas e, apesar de achar difícil, temos que pensar positivo para vencer todas as partidas. É complicado, mas dá. Conseguimos vencer seis ou sete jogos seguidos no ano passado. Podemos repetir isso", afirmou.

Deivid lembrou, no entanto, que apesar da boa fase – o time conquistou sete dos últimos nove pontos disputados – não há espaço para oba-oba no Fla.

"Temos experiência para saber que não é porque ganhamos sete pontos em nove que começará a ter oba-oba aqui dentro. Vamos entrar, sim, de cabeça erguida, mas de forma consciente. Só assim vamos conseguir vencer", concluiu.