Japonês da F1 diz que teme "fim do mundo" em 2012

 

Kamui Kobayashi surpreendeu em entrevista ao site oficial da Fórmula 1 publicada nesta terça-feira. Comentando sobre assuntos diversos, o piloto da Sauber foi perguntado sobre o que teria medo, e admitiu se preocupar com o fim do mundo em 2012.

Quando foi explicar o temor com a data, lembrou a explicação dada. "De acordo com o calendário Maia, algo dramático irá acontecer com nosso planeta", justificou-se o nipônico.

Kobayashi é conhecido por seus comentários bem-humorados fora das pistas. Depois de disputar provas pela Toyota na última temporada, disse que seria sushiman no Japão se não tivesse vaga em 2010. Disse também que pensou em ser comediante.

Na entrevista, o japonês da Sauber, com contrato renovado para 2011, explicou ainda que não tem um "encontro dos sonhos". "Não há ninguém, na verdade. Provavelmente seria comigo, em um feriado, sem telefone ou internet", disse.

O piloto afirmou não gostar de frio, cenouras e sujeira, disse não ler livros e que ir à praia é sua primeira opção na hora de relaxar. De quebra, contou ter sido mau aluno na escola e se mostrou muito vaidoso.

"Sempre pinto meu cabelo. Nós japoneses temos cabelos muito pretos, então clareá-los é como um esporte popular no Japão", disse o piloto, que tem quatro tatuagens. "Elas não têm um significado aparente, apenas gostei dos desenhos. Sou sempre curioso sobre as coisas, e sempre experimento coisas novas", completou.