Williams admite possibilidade de trocar motores em 2011

A Williams já admite a possibilidade de trocar seus motores para a próxima temporada da Fórmula 1. De acordo com Toto Wolff, um dos acionistas da escuderia de Rubens Barrichello, o time se decepcionou um pouco com os Cosworth recebidos para 2010, e isso pode motivar uma substituição.

Em entrevista ao jornal austríaco Kleine Zeitung, Wolff disse que a Williams tinha expectativas elevadas no começo da temporada, e que talvez o motor tivesse deixado a equipe excessivamente otimista. Segundo ele, as primeiras corridas da Williams em 2010 foram um pouco difíceis.

Caso se confirme a possibilidade, a Williams será a segunda equipe a deixar os motores Cosworth após a temporada de 2010 - a Lotus já oficializou sua decisão. A fornecedora, porém, disse que pretender equipar três times em 2011 - possivelmente Virgin e Hispania estarão entre elas.

Além disso, Toto Wolff ainda disse que a Williams perderá dois patrocinadores no fim do ano, mas que eles estão prestes a ser substituídos e que isso não representará prejuízo para o time. Por fim, afirmou que Rubens Barrichello e Nico Hulkenberg têm boas chances de seguirem como titulares em 2011.