Alex marca, Chelsea vence Arsenal e dispara na liderança

Com um belo gol do zagueiro Alex, o Chelsea se isolou ainda mais na liderança do Campeonato Inglês após vencer o Arsenal por 2 a 0, em clássico londrino disputado neste domingo. Com 18 pontos, o time do treinador Carlo Ancelotti abriu quatro em relação ao vice Manchester City.

Drogba foi o autor do primeiro gol da partida. Aos 38min do primeiro tempo, o marfinense desviou de letra um cruzamento de Cole. A bola ainda bateu na trave de Fabianski antes de entrar.

Já aos 40min do segundo tempo, o brasileiro Alex ampliou o placar com um golaço de falta. De longa distância, o ex-zagueiro do Santos acertou um chute forte, no ângulo esquerdo do gol adversário.

Com a derrota, o Arsenal cai uma posição na tabela em relação ao início da rodada e termina o fim de semana na quarta colocação, com 11 pontos, atrás dos dois times de Manchester.

Ramires, ex-Cruzeiro, foi outro brasileiro que se destacou no jogo e saiu aplaudido de campo quando substituído por Zhirkov, no fim da partida.

O jogo

O Arsenal, mesmo com desfalques, começou o jogo com tudo. Com menos de um minuto de jogo, duas grandes chances de gol. A primeira delas com Chamakh, que cabeceou, mas a bola foi para escanteio. Na cobrança, Squilacci perdeu uma cabeçada de dentro da pequena área, mandando por cima, livre.

Bem no jogo, o Arsenal teve outra boa chance aos 8min. Arshavin recebeu em velocidade pela ponta esquerda, fintou Alex e bateu forte, mas Cech defendeu.

O jogo era movimentado e os dois times chegavam muito e criavam chances de gol. Em uma delas, Essien quase marcou aos 18min, depois de uma cobrança de escanteio de Drogba, mas a bola passou à direita do gol do Arsenal.

Arshavin foi perigoso novamente aos 27min, ao quase marcar um golaço. Ele recebeu na entrada da área, gingou na frente de Ivanovic e soltou a bomba, obrigando o Cech a fazer uma bela defesa. Em seguida, Nasri também chegou com perigo e bateu de pé esquerdo, mas a bola passou à direita da meta.

Aos 34min, Drogba recebeu pela direita em profundidade e bateu de dentro da área para o gol. O arqueiro Fabianski conseguiu espalmar pela linha de fundo.

O primeiro gol do jogo saiu aos 39min. Cole recebeu em profundidade pela esquerda e cruzou para Drogba. A bola veio um pouco atrás do marfinense, que se virou como podia e deu um lindo toque de calcanhar, mandando a bola para as redes, depois de acertar a trave: 1 a 0.

O segundo tempo começou tão movimentado quanto foi o primeiro, com as duas equipes buscando o ataque. O Arsenal, perdendo, tentava pressionar o rival, principalmente com cruzamentos na área.

Em um lance inusitado, Diaby quase empatou o jogo aos 10min. O francês fintou um rival e chutou, mas a bola desviou em Ashley Cole e encobriu Petr Cech, mas acabou saindo pela linha de fundo.

Dois minutos depois, Chamakh ficou de frente para o gol com Cech já batido, mas o brasileiro Ramires deu um carrinho, evitando o gol.

Anelka perdeu uma chance incrível aos 14min. Ele roubou a bola do zagueiro do Arsenal e avançou livre em direção a Fabianski. Depois de driblar o goleiro e ficar com o gol aberto, ele bateu na rede pelo lado de fora.

Aos 24min, o Chelsea chegou a marcar com Ashley Cole, mas não valeu. O lateral recebeu passe longo, mas o assistente assinalou impedimento e o tento foi anulado.

O Arsenal quase chegou ao empate aos 35min. Rosicky cruzou para a área e Chamakh subiu mais que a defesa, mas cabeceou pela linha de fundo.

O brasileiro Ramires acabou substituído aos 37min e foi muito aplaudido pela torcida local por sua grande atuação no clássico. Foi aí que brilhou a estrela de outro brasileiro. Alex cobrou uma falta sofrida por Anelka com perfeição: uma bomba no ângulo, fazendo 2 a 0, aos 40min do segundo tempo.

No lance seguinte, Essien arrancou em contragolpe e quase marcou um belo gol, mas finalizou em cima de Fabianski, que fez outra boa defesa em chute de Cole, no final.