Coritiba vence Santo André em casa e assume ponta da Série B

O Coritiba não desperdiçou a oportunidade de retomar a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B neste sábado ao vencer o Santo André, no Estádio Couto Pereira, por 1 a 0, mantendo o time do ABC paulista na zona de rebaixamento da competição. Após a 26ª rodada, a equipe treinada por Ney Franco está isolada no topo da tabela da Série B, com 50 pontos.

O time da capital paranaense começou a partida imprimindo um forte ritmo no ataque. Logo aos 3min, Ângelo levantou boa bola na área de Júlio César, goleiro do Santo André, que saiu bem do gol. Aos 7min, outro ataque do Coritiba, desta vez com Dênis, que entrou em velocidade para a esquerda e cruzou para a área rival, fazendo Júlio César trabalhar bem novamente. Aos 12min, em nova bola levantada em direção à área do clube paulista, Cleiton finalizou por cima da meta adversária.

A equipe de Curitiba seguia dominando a partida, com as melhores oportunidades de gols. Aos 14min, Enrico recebeu bola e finalizou por cima do gol do Santo André, que tentou surpreender aos 20min, com uma bola levantada na área do time paranaense, mas Ângelo estava atento e afastou. Aos 20min, Andrade, do Coritiba, acertou cobrança na trave da equipe treinada por Fahel Júnior. Quatro minutos depois, Marcos Aurélio abriu o placar para os paranaenses após receber cruzamento de Enrico, que fez grande jogada pela direita.

A torcida do Coritiba estava em festa quando Marques quase empatou para os paulistas. O jogador recebeu bola no ataque, limpou o marcador e concluiu. Edson Bastos fez grande defesa. A partir dos 30min, o Santo André tentou se acertar em campo, tocando bola no campo de defesa, mas não conseguia criar jogadas de perigo. Aos 39min, Rafinha entrou no lugar de Alan no time paulista. Aos 44min, Borebi recebeu bola na esquerda, conduziu para o meio e concluiu para fora, à direita da meta do Coritiba.

O time paranaense não perdeu o pique no início da segunda etapa. Logo a 1min Marcos Aurélio levantou bola para a área paulista, com corte da defesa. Aos 7min, Enrico finalizou com perigo para o time treinado por Ney Franco, mas o jogo já estava paralisado pela arbitragem. Aos 13min, Marcos Aurélio concluiu para o gol de Júlio Cesar, que fez mais uma grande defesa. Aos 15min, porém, o Santo André reagiu: Luiz puxou um contra ataque e bateu rasteiro para grande defesa de Edson Bastos.

O jogo esquentou aos 21min, com gol do Santo André, marcado por Rafinha, em finalização sem chances para o goleiro adversário. Um minuto depois, porém, veio o castigo para a equipe paulista. Leo Gago arriscou e colocou o Coritiba na frente novamente. Aos 26min, o time da casa levou a torcida à loucura com um chute de longa distância de Leonardo, que ampliou o placar para 3 a 1. Toninho, de cabeça, descontou para os paulistas aos 30min.

Após o gol do Santo André, a equipe treinada por Ney Franco se fechou no campo de defesa. Aos 38min, os atletas se desentenderam e o árbitro pouco conseguia controlar o ânimo dos jogadores. Douglas, do Santo André, e Dirceu, do Coritiba, acabaram expulsos. Após quatro minutos de acréscimos, a partida terminou com vitória por 3 a 2 para o time da casa.