Paulo Campos faz balanço positivo de participação do Resende na Copa Rio

O novo técnico do Resende, Paulo Campos, avaliou a participação do clube na Copa Rio. O treinador afirmou que utilizou a competição com objetivo principal de avaliar jogadores das categorias de base, visando a disputa do Campeonato Carioca do ano que vem. O Resende encerrou sua participação na Copa Rio na 4ª posição do Grupo B, com sete pontos em oito jogos (uma vitória, quatro empates e três derrotas). Confira na entrevista de Paulo Campos abaixo as considerações do treinador sobre o presente e o futuro do Resende Futebol Clube.

Participação na Taça Rio

Comecei a trabalhar no Resende há aproximadamente 45 dias, com a filosofia de utilizar atletas da base na Copa Rio. Nossa participação, apesar de não estarmos classificados para a próxima fase, foi válida por diversos aspectos. Mesmo tendo uma média de idade muito baixa, a equipe mostrou personalidade contra adversários mais experientes e com mais tempo de preparação. Fiz muitas observações para saber com quem poderia contar para o restante do trabalho.  Nossa prioridade na competição era a avaliação dos atletas da base e não o resultado em si. Cheguei a aproveitar até jogadores da equipe juvenil. Mesmo assim, ninguém fez feio. Sofremos apenas três derrotas, todas por 1 a 0, sendo duas delas fora de casa. Por detalhes não nos classificamos. Por isso, só tenho como ficar contente com a postura de dedicação de todos os atletas.

Destaques

O que posso falar no momento é que 12 atletas da base, dos 36 que foram testados, continuarão na equipe principal para a disputa do Campeonato Carioca. O restante retornará para suas respectivas categorias. Tenho certeza de que desses, pelo menos três, conseguirão se transformar em grandes jogadores no futuro. Nosso objetivo é fazer com que isso aconteça.

Contratações

Apresentei para a diretoria a relação de posições dos atletas que pretendo contar em 2011. Estamos numa fase de análise para fazer essa escolha da melhor forma. Estou acompanhando muitos jogos das séries A, B e C do Campeonato Brasileiro. Pelo menos 12 contratações precisarão ser feitas. Quero trabalhar com um elenco de 28 jogadores. Sobre a possibilidade de vir um reforço de impacto, isso vai depender da parte financeira do clube. Muitos jogadores que fizeram parte do elenco principal no ano passado não irão retornar ao clube. Quero fazer uma mescla dos que estão aqui com atletas de outros estados.

Campeonato Carioca

Existem duas competições à parte dentro do Campeonato Carioca. Uma envolvendo os quatro grandes clubes e outra para as demais equipes. Temos como objetivo fazer uma boa campanha dentro do nosso campeonato. Se fizermos uma boa participação temos chances de brigar por uma vaga nas semifinais do turno ou até mesmo numa decisão.