Segundo assessor, Vanderlei Luxemburgo aceitaria convite do Flamengo

 O técnico Vanderlei Luxemburgo ainda não foi sondado pelo Flamengo, mas estaria disposto a assumir o Rubro-Negro caso Silas seja demitido. A informação é do assessor do treinador, Luís Lombardi.

Segundo Lombardi, o técnico, que cogitou tirar um tempo para ''reciclagem'' após a demissão do Atlético-MG, não rejeitaria uma proposta da diretoria do clube da Gávea, mesmo com a equipe brigando na parte debaixo da tabela.

- O Vanderlei é profissional e não vai rejeitar trabalho, seja agora ou mais à frente. A luta contra o rebaixamento também não é um empecilho para ele, até porque ele lutou muito com Atlético nessa faixa da tabela - comentou o assessor à Rádio Brasil.

Lombardi contou também que Luxemburgo foi sondado pelo São Paulo, ainda quando treinava o Galo. Com o Rubro-Negro, no entanto, não teria havido nenhum contato. O assessor lembrou que Luxa já admitiu várias vezes que deseja conquistar um título pelo Fla - o que não alcançou nas duas vezes que dirigiu o clube.

- Ele está aberto porque a vida do profissional é estar sempre aberto a propostas. Ele recebeu consultas ainda no Atlético. O São Paulo procurou por ele. Mas por enquanto não tem nada definido. Ele já disse que um dia ainda vai ganhar um título pelo Flamengo - afirmou.

No treino desta quinta-feira, Silas, cuja demissão havia sido dada como certa na noite anterior, permaneceu a frente da equipe rubro-negra. O clima entre o técnico e o time ficou pesado após o empate com o Goiás, na terça, quando rebateu as críticas alegando que não era culpado pelos gols-contra (em referência ao zagueiro Jean).