Morre o primeiro atleta flagrado por doping do hormônio do crescimento

     LONDRES - O ex-jogador de rúgbi Terry Newton, o primeiro atleta a ser flagrado em um exame antidoping por consumo do hormônio do crescimento, morreu no domingo aos 31 anos, em um aparente caso de suicídio, informou a polícia inglesa. Agentes encontraram o corpo em uma casa de Wigan (noroeste da Inglaterra), anunciou a polícia.

Newton foi suspenso por dois anos pelo doping, detectado em um exame realizado em novembro do ano passado. Até então, o hormônio do crescimento não havia sido detectado em análises de antidoping.

O clube do britânico, o Wakefield, o demitiu ao tomar conhecimento do resultado da análise. O jogador alegou que tomou a substância para tentar conter os efeitos do envelhecimento e prolongar a carreira.