Jornal inglês publica "dossiê" sobre acompanhante de Beckham

Irma Nici, a garota de programa que alega ter participado de aventuras sexuais com David Beckham, ganhou um "presente" da imprensa inglesa neste final de semana. A versão dominical do jornal Daily Mail publicou um dossiê a respeito de sua vida, contando detalhes de sua infância e publicando fotos de sua família.

Segundo uma fonte ouvida pelo jornal, Irma Nezirovic fugiu da Bósnia em 1992, em meio aos conflitos balcânicos. Filha de um militar com uma psiquiatra, a garota tem um irmão, Damir, que sofre com problemas de desenvolvimento. Na Holanda, onde se refugiou, dizia não se sentir em casa e passou a se prostituir.

Decidiu então se mudar para Londres, onde começou a namorar "um rapaz de origem árabe" e a estudar. Com o dinheiro de seu namorado, ajudava sua família. Na época, mantinha-se secretamente na prostituição, que a levava também com frequência aos EUA.

Porém, o namorado descobriu recentes detalhes de sua profissão em um diário, contando o caso à família da jovem em Sarajevo. Pressionada, Irma sofreu um derrame em dezembro de 2009, o que a deixou com parte da face paralisada. Ao deixar o hospital, decidiu contar sua história - inclusive sobre Beckham - à imprensa.

Recentemente, Irma Nici foi contratada por uma agência de acompanhantes após romper com o namorado. Até então afastada da prostituição, a bósnia disse ter decidido retomar a profissão nos EUA por conta da concorrência de garotas do Leste Europeu em Londres.

Em solo americano, fez sucesso com a clientela, recebendo presentes caros. Um de seus relacionamentos, segundo a fonte ouvida, era Eliot Spitzer, ex-governador de Nova York, que deixou o cargo em 2008 após admitir ter dormido com uma garota de programa.

A fonte ouvida não confirmou a versão de Irma sobre David Beckham. O jogador afirmou que a história é "totalmente ridícula", além de ter acionado seus advogados em Los Angeles para processar a revista que publicou o boato.