Avaí massacra Ceará, quebra jejum e deixa zona de risco

Sem vencer há dez jogos no campeonato Brasileiro, o Avaí recebeu o Ceará neste domingo na Ressacada, em partida válida pela 25ª rodada da competição, precisando da vitória para sair da zona de rebaixamento, para onde foi depois da vitória do Atlético-GO. Com um show no primeiro tempo, o time catarinense não deu chance ao adversário e goleou por 5 a 0, encerrando o longo jejum de vitórias.

Com o resultado, o time da casa chegou aos 28 pontos e subiu para a 15ª colocação, ultrapassando o Flamengo pelos critérios de desempate. Já os visitantes não perderam nenhuma posição, mas, com 30 pontos, ficam cada vez mais próximos dos times que cairão para a Série B de 2011.

Com o campo prejudicado por causa da chuva em Florianópolis, o Avaí, que teve o goleiro Renan no banco de reservas por opção do técnico Edson dos Santos, demorou apenas cinco minutos para abrir o placar. Pará cruzou pelo lado esquerdo, a defesa bobeou e Rudnei, livre de marcação, apenas desviou para o fundo das redes, mandando no canto esquerdo de Michel Alves, que ainda chegou a tocar na bola.

Aos 10min, Davi cobrou pênalti sofrido por Marcelinho com categoria, no canto esquerdo, e ampliou para o Avaí, que fez o terceiro aos 18min. Jefferson avançou com a bola, abriu espaço e chutou com o pé direito no ângulo esquerdo do goleiro alvinegro, marcando um belo gol.

Passeando no gramado encharcado, o mesmo Jefferson fez seu segundo gol na partida, o quarto do time catarinense, aos 31min. O jogador avançou sem marcação e arriscou de fora da área, desta vez com o pé esquerdo. A bola foi no canto superior direito de Michel Alves, que pulou, mas não alcançou.

Na volta para a etapa complementar, o Ceará voltou um pouco melhor, buscando ao menos diminuir a vantagem do adversário. Aos 4min, Ernandes invadiu a área pela esquerda Carlos e tocou para Misael. O jogador fintou a marcação e chutou, mas a bola explodiu em Diogo Orlando.

Aos 14min, no entanto, o Avaí fez mais um. A defesa do Ceará afastou mal um cruzamento após escanteio e a bola sobrou para Davi. Com calma, o camisa 10 bateu no canto superior esquerdo e fez seu segundo gol no jogo.

Aos 27min, o Ceará perdeu boa oportunidade para diminuir. Oziel chutou cruzado e Marcelo Nicácio deu um carrinho dentro da área, mas mandou por cima do gol de Zé Carlos. A arbitragem, no entanto, já havia anulado a jogada por impedimento.

Com a ampla vantagem, o Avaí apenas administrou o jogo até o apito final. O Ceará, que até vinha tentando fazer o gol de honra, rendeu-se ao rival e não ameaçou mais o gol do time da casa.

Na próxima rodada, o Avaí enfrenta o líder Fluminense no Estádio Raulino de Oliveira, na quarta-feira, às 21h (de Brasília). No mesmo dia, o Ceará tenta se reabilitar da goleada contra o Atlético-MG, no Castelão, às 22h.

FICHA TÉCNICA

Avaí 5 x 0 Ceará

Gols
Santos:
 Rudnei, aos 5min, Davi, aos 10min, Jefferson, aos 18min e 31min do 1º tempo, e Davi, aos 14min do 2º tempo.

Ponto Forte do Avaí 
Dominou desde o início e não deu chances ao adversário.

Ponto Forte do Ceará 
Sem pontos fortes.

Ponto Fraco do Avaí 
Sem pontos fracos.

Ponto Fraco do Ceará 
A defesa esteve perdida e não ofereceu nenhuma resistência ao adversário.

Personagem do jogo
Jefferson fez dois belos gols de fora da área.

Esquema Tático do Avaí 
4-4-2
Zé Carlos; Patric, Gabriel, Émerson e Pará; Rudnei, Jefferson, Diogo Orlando e Davi (Émerson Nunes); Robinho (Laércio) e Marcelinho (Roberto). Técnico: Edson dos Santos

Esquema Tático do Ceará 
4-4-2
Michel Alves; Oziel, Anderson, Heleno e Ernandes; João Marcos, Michel, Camilo e Careca (Geraldo); Kempes (Marcelo Nicácio) e Wellington Amorim (Misael). Técnico: Dimas Filgueiras

Cartões amarelos
Avaí: 
Gabriel e Robinho
Ceará: Michel e Kempes

Árbitro
Rodrigo Nunes de Sá ( RJ)

Local 
Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)