Lateral Leandro culpa elenco por risco de rebaixamento do Atlético - MG

"Estou cansado de levar tanta porrada e pancada". O desabafo é do lateral esquerdo Leandro, após mais um vexme do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro. O time mineiro foi goleado nesta quinta-feira pelo Fluminense por 5 a 1, no Engenhão, e chegou a marca de 15 derrotas na competição. O resultado derrubou o experiente técnico Vanderlei Luxemburgo. "Não adianta criticar A, B ou C. Nós jogadores é que somos culpados por tudo", avaliou o jogador.

 

O experiente jogador, com passagens pela Seleção Brasileira e times de ponta como Flamengo, Cruzeiro, Palmeiras e Fluminense, faz um alerta: se o Atlético-MG continuar jogando mal, será rebaixado para a Segunda Divisão. "O campeonato está afunilando e o tempo está passando. Se continuar assim, só caindo, é claro que vai cair (para a Série B). Não tem jeito, vai cair. A gente até começa jogando bem , mas sofre uns gols bobos", afirmou.

 

Leandro admitiu que essa é a sua fase mais difícil em um clube de ponta do futebol brasileiro. "Nunca vi nada parecido como isso. É a primeira vez. Tudo tem a sua primeira vez. É lamentável, uma situação difícil, mas temos que ser homens", declarou o lateral.

 

Recentemente, os jogadores do Atlético-MG se reuniram para analisar a campanha do time no Brasileiro e optaram por uma espécie de retiro. Os atletas se isoloram e decidiram ficar concentrados, longe da família. Leandro, que participou do retiro, não concorda com a decisão do grupo.

 

"Isso não está adiantando nada não. Se fosse assim a gente ia contratar os presidiários. Vamos reunir de novo e conversar para ver o que vai acontecer", contou o ala esquerdo do time mineiro.

 

"A equipe é boa, o time é bom, mas depois do jogo nada muda", completou. Após 24 rodadas, o Atlético-MG é o antepenúltimo colocado no Campeonato Brasileiro, com apenas 21 pontos, a quatro do Avaí, primeiro time fora da zona de rebaixamento.