Apesar da vitória no Mundial de Basquete, brasileiras pedem mais agressividade

 

 

 

A vitória contra Mali, por 80 a 73, a primeira do Brasil no Mundial de Basquete Feminino, veio com algumas dificuldades inesperadas contra o rival que não tem tradição no cenário mundial. As experientes Helen e Adrianinha, em entrevista ao SporTV, após a partida, deixaram claro que a equipe brasileira tem muito a evoluir na competição.

 

"A gente sabia que ia ser uma partida dificil e deixamos as jogadoras adversárias gostarem do jogo. Faltou agressividade a nossa a equipe durante a partida", disse Helen. "Temos que evoluir muito. Espero que possamos crescer na competição, melhorar tanto na defesa, quanto no ataque. Com todo respeito à equipe de Mali, nosso basquete é mais bonito que foi apresentado", completou Adrianinha