Presidente do Ceará protesta contra arbitragem da derrota diante do Cruziro

 Insatisfeito com a arbitragem de ontem (22/09) na derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, o presidente do Ceará, Evandro Leitão, protestou contra os erros que prejudicaram a equipe alvinegra. O mandatário lembra dois lances polêmicos que poderiam ter mudado a história do jogo, mas não desmereceu a qualidade do time do Cruzeiro.

 

    “A arbitragem de ontem nos deixou indignados e influenciou no resultado final da partida. No primeiro tempo foi marcado um impedimento errado do apoiador Geraldo, que ficaria cara a cara com o goleiro Fábio. Na etapa final aconteceu o pior. Quando perdíamos por 1 a 0, tivemos um gol legítimo anulado pelo auxiliar, alegando impedimento de Marcelo Nicácio. Fico triste por ver erros desse tipo acontecerem e não foi a primeira nem a segunda vez que fomos prejudicados atuando fora de casa. O Cruzeiro tem um grande time, mas é preciso ter maior atenção na hora de escalar os juízes. Curiosamente, a maioria dos árbitros que estão apitando nossos jogos fora de casa não são do quadro da FIFA”, disse Evandro Leitão.

 

    O trio de arbitragem no duelo contra o Cruzeiro foi formado pelos sergipanos Cláudio Francisco Lima e Silva e Cleriston Clay Barreto, além do gaúcho Ricardo Silva Conceição. O Ceará já anunciou também que irá entrar com uma representação à CBF comunicando os fatos ocorridos na partida de ontem.