Má forma física afasta Leonardo Gaciba do quadro de árbitros da CBF

 

O árbitro gaúcho Leonardo Gaciba teve seu afastamento do quadro de arbitragem da CBF anunciado nesta quinta-feira, ao ser reprovado nos testes físicos pela segunda vez em menos de um mês. Gabiba não conseguiu cumprir os pré-requisitos determinados pela Fifa em atividade comandada pela Comissão Nacional de Arbitragem, no ABC Paulista.

 

Evandro Rogério Roman (RS) e Wilson Luiz Seneme (SP) também fizeram os testes físicos nesta quinta e, ao contrário de Gaciba, foram aprovados. Desta forma, o gaúcho está afastado por tempo indeterminado, situação já vivida em 2009, quando também não conseguiu alcançar os índices mínimos em duas atividades promovidas pela CBF.

 

O período de baixa de Gaciba surpreende, uma vez que ele já foi escolhido por quatro vezes como melhor árbitro do Campeonato Brasileiro - a última delas em 2008. Em 2009, acabou perdendo o escudo da Fifa por conta da reprovação nos testes. Ainda assim, apitou jogos importantes em 2010, como a primeira partida da final da Copa do Brasil, entre Santos e Vitória.

 

Os testes aplicados nesta quinta-feira obedecem o padrão da Fifa.

 

Confira os exercícios exigidos nos testes físicos dos árbitros

 

a) Seis tiros de 40 metros em 6,2 segundos, com 40 segundos de recuperação para o árbitro entre um tiro e o outro

b) Seis tiros de 40 metros para o árbitro assistente em 6,0 segundos, com 35 segundos de recuperação

c) 20 tiros de 150 metros em 30 segundos, com 35 segundos de recuperação entre um tiro e outro para o árbitro

d) 20 tiros de 150 metros em 30 segundos, com 40 segundos de recuperação entre um tiro e outro para o assistente