Diogo é unanimidade no Flu

RIO - Depois de ser muito elogiado em sua volta ao time no último domingo, Diogo está com a bola cheia nas Laranjeiras. Unanimidade entre o grupo, tem sido muito elogiado pelos companheiros e também pelo técnico Muricy Ramalho. O espírito guerreiro de brigar sempre pela bola, dando proteção à zaga já é uma qualidade muito bem cohecida por todos os tricolores desde o ano passado, mas a melhora nos passes e chegada ao ataque são uma agradável surpresa que têm feito toda a diferença na campanha tricolor no Campeonato Brasileiro. Prova disso foi o passe açucarado para o primeiro gol do atacante Rodriguinho, no empate com o Flamengo. - O Diogo é um jogador que vem subindo muito de produção e na minha opinião é um dos melhores do Brasil por sua força. Está sempre batalhando, fazendo de tudo para que o Flu chegue à vitória – destaca o zagueiro Leandro Euzébio. Os números do time com o volante em campo comprovam a boa fase, mas não supreendem quem está acostumado a jogar ao seu lado. Conca é um dos maiores fãs e sempre destaca nos bastidores a sua importância. - O Conca brincou uma vez dizendo que se fosse vendido um dia teria que levar o Diogo junto para correr por ele – revela Marquinho. Sempre discreto e tímido, Diogo abre o sorriso toda vez que ouve as declarações do argentino e se diz emocionado por ser reconhecido pelo xodó da torcida tricolor. - Ele brinca comigo e diz que sempre temos que jogar juntos. Nos damos muito bem em campo e sempre digo que não precisa se preocupar tanto de voltar para ajudar na marcação, porque corro por ele ali atrás. Me sinto lisonjeado por esses elogios. O Conca é o craque do time e é maravilhoso jogar ao lado dele - afirma. O volante reconhece a sua evolução desde a chegada de Muricy e atribui a melhora à confiança passada pelo comandante, que viu um potencial que ele mesmo desconhecia. - Com certeza essa melhora se deve a confiança que estou tendo em mim mesmo. No decorrer dos jogos estou me soltando para chegar mais ao ataque. Antes só tinha preocupação com a marcação, mas o Muricy destacou a importância de ajudar na armação das jogadas. Aos poucos estou vendo que posso evoluir e até mesmo arriscar mais finalizações. Espero que o primeiro gol pelo Fluminense não demore a chegar – concluiu Diogo, que marcou sete vezes em sua passagem pelo Figueirense, a maioria deles de cabeça ou em chutos fortes de fora da área. Site do Flu