"Tivemos que jogar muito bem para vencer", diz técnico americano

Agência AFP

ISTAMBUL - O técnico da seleção americana de basquete, Mike Krzyzewski, afirmou neste domingo depois da vitória de sua equipe na final do Mundial contra a Turquia (81-64) que seu time teve que "jogar muito bem" para vencer, diante de um adversário muito difícil.

"Tivemos de fazer uma grande partida, caso contrário, não teríamos ganhado. A Turquia foi difícil esta noite", disse ''Mister K'', completando sentir "grande respeito" pelo Mundial, um torneio que seu país não vencia desde 1994.

"Essa vitória significa muito para mim, sobretudo porque somos uma equipe muito jovem e isso vai nos fortalecer para o futuro. Fico contente sobretudo por meus jogadores, que mereciam", disse.

Krzyzewski lembrou que o caminho do torneio não foi fácil e que chegaram a passar por maus momentos, como no duelo diante do Brasil (70-68) na primeira fase, onde seu time esteve na corda bamba, antes de virar.

"No basquete atual, as coisas não são fáceis, e há adversários que te colocam em apuros, como fez o Brasil, ou como teria feito a Turquia se não estivessemos concentrados", completou.

O técnico americano comemorou o fato de sua equipe ter conseguido "ganhar o respeito" do mundo, não apenas por seus resultados, mas também por sua atitude e seu caráter em quadra.