Armaram para eu sair do Flamengo, diz técnico Andrade

Portal Terra

RIO DE JANEIRO - Campeão brasileiro pelo Flamengo em 2009, o técnico Andrade saiu do clube pela porta dos fundos no início desta temporada e está sem time desde então. Meses após deixar o cargo, o treinador afirmou, em entrevista ao canal Sportv, que sua saída foi armada. "Fiquei sobrecarregado e exposto perante a mídia, foi tudo feito propositalmente para eu sair. Eu como treinador tenho que treinar o time durante a semana e colocar o time em campo para jogar, mas não posso tomar conta também da parte disciplinar. Se eu saísse multando, iria perder o grupo e não seria campeão brasileiro", disse.

"Inventaram que saía eu ou o Petkovic. Começaram a plantar esse tipo de notícia que acabou me prejudicando. Diziam que eu não tinha um bom relacionamento com a comissão técnica, e isso era mentira também. Esses boatos desgastaram, o Pet é um grande jogador e sabia se colocar em seu lugar, respeitava os demais. Ele sabia que a última palavra era minha, era eu que definia quem ia jogar. Eu tinha o comando do grupo", afirmou o treinador, que acrescentou: "deixei o Flamengo com 73% de aproveitamento, mas isso que falavam que eu não tinha comando me prejudicou".