Parreira é o preferido de Zico para vaga de Rogério

Jornal do Brasil

RIO - O Flamengo está próximo de realizar um antigo sonho. Com a demissão de Rogério Loutenço, no fim da manhã de sexta-feira, o clube iniciou negociações com Carlos Alberto Parreira, técnico tetracampeão do mundo em 1994. Embora esteja tratando do assunto em sigilo, o diretor executivo Zico nunca escondeu que Parreira é o nome de sua preferência.

Desde que comandou a Seleção da África do Sul na Copa do Mundo, o treinador está no Rio sem trabalhar. Flamengo e Parreira tentaram um acordo no fim de 2008, quando Caio Júnior deixou o clube para trabalhar no mundo árabe. Na oportunidade, o Fluminense também sondou o treinador, que optou por permanecer como consultor de uma empresa de marketing esportivo. Meses depois, assumiu o Tricolor das Laranjeiras.

Aos 67 anos, Parreira havia manifestado interesse em abandonar a vida de treinador para se dedicar a algum cargo executivo. Mas, diante do convite de Zico, é possível que voltE atrás e aceite comandar o time rubro-negro. Parreira, tricolor de coração, nunca trabalhou em outro clube no Rio que não o Fluminense passou por Internacional, Santos e Corinthians em outros estados.

Pressão foi fundamental

Na entrevista coletiva concedida para explicar a saída de Rogério Lourrenço, Zico admitiu que a pressão das arquibancadas o fez tomar a decisão de tirar o treinador.

O maior patrimônio do Flamengo é a sua torcida. Quando ela se manifesta dessa forma, temos que pensar. A manifestação não foi orquestrada. Saí do Maracanã com a convicção de que era preciso mudar explicou Zico