Hamilton não irá a julgamento por direção perigosa, diz jornal

Portal Terra

DA REDAÇ O - Denunciado por fazer manobras ousadas com sua Mercedes em uma rua perto do autódromo de Albert Park, na Austrália, o britânico Lewis Hamilton não irá comparecer ao julgamento que ocorrerá nesta terça-feira, no Tribunal de Melbourne. De acordo com o site F1SA, o piloto da McLaren estará ausente da sessão porque estará envolvido com o Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1, que ocorre cinco dias depois e já tem treinos marcados na manhã de sexta.

A infração ocorreu em março deste ano, nos dias que antecederam o GP da Austrália, vencido por seu companheiro de equipe, o também britânico e atual campeão mundial Jenson Button. Na ocasião, Hamilton se desculpou, disse que estava dirigindo de forma exuberante e classificou seu ato como uma "bobagem", afirmando ainda que irá aprender com o incidente.

De acordo com informações do jornal News of the World, o piloto de 25 anos será representado por um advogado no Tribunal de Melbourne.