Arquitetos criticam Centro Olímpico do Rio 2016

Portal Terra

S O PAULO - Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) condenou o processo de seleção lançado pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, para a construção de um Centro Olímpico de Treinamento. O IAB criticou o edital e os critérios adotados pelo comitê para escolher a empresa ganhadora da licitação. Sérgio Magalhães, presidente do instituto, disse que o processo peca pela falta de transferência, pois dá mais importância aos gastos do que à qualidade.

A principal crítica de Magalhães é quanto a divisão de responsabilidades prevista no edital da licitação, pois o processo prevê que uma empresa desenvolva o conceito do projeto para o Centro Olímpico. No entanto, essa mesma empresa cria um estudo preliminar com os projetos, enquanto outra licitação define quem vai aprofundar os projetos e transformá-los em realidade. Sérgio acrescenta que o ideal seria realizar um concurso arquitetônico.