Willians festeja bom momento com a camisa do Flamengo na temporada

JB Online

RIO - Ele chegou à Gávea em 2009, vindo do Santo André e encontrou olhares desconfiados. Mas com sua disposição, roubadas de bola e subidas ao ataque, conquistou a torcida. Com muito bom humor, se adaptou rapidamente ao grupo e hoje é considerado peça fundamental no Flamengo. Willians tornou-se referência no meio de campo rubro-negro, sabe disso, e espera seguir dando alegrias à torcida.

"Estou me desgastando bem mais do que vinha acontecendo no ano passado e no começo desse ano. Tenho de ajudar... Estou aqui, amo o Flamengo, a torcida é maravilhosa, mas tenho de entrar em campo e dar o máximo. Se depender de mim nunca vai faltar disposição quando vestir camisa do Flamengo", afirmou o jogador.

O técnico Rogério Lourenço rasgou elogios ao jogador. Segundo ele, Willians é fundamental taticamente e terá um futuro de muito sucesso pela frente. "Fico feliz com a forma que o Willians tem se portado. Na formação do esquema eu penso que tenho de tirar o melhor dos jogadores, dentro das suas características. Nessa formação, o Willians ocupa muito bem essa linha de três (jogadores) à frente da zaga, seja jogando pela esquerda ou pela direita... Ele tem uma ótima saída, uma vitalidade e um grande poder de marcação. Seu papel é impressionante e importante para a equipe. Vejo um futuro muito bom para a carreira dele.... Ele gosta de jogar e ajuda muito a nossa equipe", analisou.

Com Willians em campo no Brasileiro de 2009, quando foi o maior ladrão de bolas da competição, o Flamengo jogou 30 partidas, com 15 vitórias, oito empates e sete derrotas. Marcou 46 gols e sofreu 33. Sem ele, o Fla jogou oito vezes, com quatro vitórias, dois empates e duas derrotas, assinalando 12 gols e sofrendo 11. O jogador já tem 85 jogos pelo Flamengo, tendo marcado três gols, dado quatro assistências e levado 27 cartões (24 amarelos e três vermelhos).

"Eu sempre me dediquei muito em campo. Fiz o que tinha que fazer e fico feliz com o apoio do torcedor. Graças a Deus, eles estiveram do meu lado, e eu sempre fui muito verdadeiro. Dentro e fora de campo. Eu sou assim, faço o meu trabalho da melhor forma possível e procuro até não me ligar muito em críticas e elogios para isso não afetar em campo", disse o volante, que também elogiou bastante o astral do elenco rubro-negro.

"O grupo é maravilhoso. Esse bom humor, essas brincadeiras só fazem bem. Aqui não tem discussão e não tem briga. É tudo muito tranquilo. Todos são unidos e acredito que isso seja um grande diferencial", finalizou.

Site do Flamengo