Vasco derrota Prudente fora de casa e passa a sonhar com G-4

Portal Terra

PRESIDENTE PRUDENTE - O Vasco derrotou o Grêmio Prudente por 2 a 1, neste domingo, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP). O resultado mantém a invencibilidade de sete jogos do clube carioca desde que o campeonato retornou após a Copa do Mundo e aproxima a equipe do G-4, agora com 20 pontos, na nona posição, mas a apenas um do Botafogo, o quarto colocado. Já os paulistas estão em 14º, com 15 pontos, a dois da zona de rebaixamento.

O jogo teve dois tempos distintos, com o time cruzmaltino dominando as ações no primeiro tempo e a equipe da casa melhor na etapa complementar. Não por um acaso, o primeiro gol vascaíno saiu aos 9min do primeiro tempo, com Éder Luís, e o empate prudentino veio aos 13min do segundo tempo, em chute de João Vítor.

Quando os comandados de Marcio Barros partiam para cima do Vasco em busca da virada, Max foi derrubado dentro da área em um contra-ataque. Na cobrança, Nilton cobrou no meio do gol para defesa parcial do goleiro Giovanni, mas no rebote o atacante se redimiu e chutou no alto, para garantir a vitória.

Na próxima rodada, no sábado, o Prudente viaja até Goiãnia, onde enfrenta o Goiás, às 18h30. No domingo, o Vasco faz clássico contra o líder Fluminense, no Maracanã, às 18h30.

O jogo

A mescla de experiência e juventude vem dando certo no time do Vasco, invicto desde a volta do Campeonato Brasileiro após a Copa do Mundo. Comandado por Felipe, inteligente nas jogadas, o time cruzmaltino começou a partida pressionando e não demorou a encontrar seu primeiro gol.

Aos 7min, Fagner cruzou na área para Éder Luís, que, com categoria, completou para as redes e marcou seu primeiro gol pela equipe carioca. Os vascaínos marcavam o clube da casa na saída de bola e eram muito superiores até então.

A qualidade técnica da dupla Felipe e Zé Roberto dava tranquilidade para o Vasco manter o domínio do jogo, tocando bola até encontrar espaços. O Prudente se limitava a contra-atacar.

Em um desses contra-ataques, porém, o time paulista chegou perto de empatar. Aos 20min, Wesley fez grande jogada individual, invadiu a área e acertou a trave vascaína.

Mas o Vasco seguia melhor na partida e tinha as principais chances de gols. Aos 34min, depois do cruzamento da direita, Nilton, de cabeça, e livre de marcação, mandou a bola à esquerda do gol, com perigo.

O Vasco não aproveitou a sua superioridade no primeiro tempo e foi punido na volta do intervalo, quando o jogo ficou mais equilibrado. O Prudente seguiu o exemplo do adversário na etapa inicial e também achou um gol rapidamente.

Aos 13min, João Vitor arriscou chute de longe e foi muito feliz: a bola bate na trave e entrou no gol, empatando o confronto em Presidente Prudente.

O Vasco sentiu o gol e o Prudente passou a ter mais domínio de jogo. Aos 23min, Felipe, já desgastado, deixou o campo para dar lugar a Jonathan e passou a braçadeira de capitão para Zé Roberto.

As investidas de Wesley no ataque eram a principal arma do Prudente, enquanto o time carioca caía de produção.

Porém, quando os comandados de Marcio Barros partiam para cima do adversário em busca da virada, Max foi derrubado dentro da área em um contra-ataque. Na cobrança, Nilton cobrou no meio do gol para defesa parcial do goleiro Giovanni, mas no rebote o atacante se redimiu e chutou no alto, para garantir a vitória.

O Prudente ainda teve uma chance incrível de empatar novamente, desperdiçada em furada incrível de Wanderley, após cruzamento de Fabiano Gadelha. Nos minutos finais, o time paulista ensaiou uma pressão, mas, bem postado na defesa, o Vasco administrou o resultado.