"Não tem nada igual a Seleção Brasileira", diz Ganso

Renato Pazikas, Portal Terra

NOVA JERSEY - Paulo Henrique Ganso é um dos mais entusiasmados com a primeira oportunidade na Seleção Brasileira. O santista foi um dos mais pedidos pela torcida e pela imprensa para a equipe que representou o País no Mundial da África do Sul, mas Dunga, o comandante da época, optou por seguir com o mesmo grupo e não quis fazer mudanças.

"É muito bom estar na Seleção e uma responsabilidade muito grande em minha carreira. Não tem nada igual a Seleção Brasileira", disse Ganso, um dos líderes do Santos na conquista do Paulista e da Copa do Brasil.

Sobre ter havido uma conversa com o técnico Mano Menezes com relação à equipe que começa a partida contra os Estados Unidos, o craque do Santos despistou a imprensa. "Ele ainda vai conversar com a gente", completou.

O Brasil fará o primeiro jogo sob o comando de Mano Menezes nesta terça-feira, às 21h (de Brasília), em Nova Jersey.