Juliana e Larissa estão a 2 vitórias de marca histórica para Brasil

JB Online

POLÔNIA - As tetracampeãs mundiais de vôlei de praia, Juliana e Larissa, precisarão de mais duas vitórias para se tornarem a dupla brasileira que mais medalhas de ouro conquistou na história do Circuito Mundial. Hoje, elas garantiram uma vaga na semifinal do Grand Slam da Polônia, em Stare Jablonki, que será disputada amanhã, onde Juliana comentou os disputados jogos que tiveram hoje e acredita a concentração será determinante para conseguir o título no Grand Slam:

- Tivemos dois jogos bem disputados hoje. Chegamos a nos desconcentrar em alguns momentos, mas nos recuperamos e conseguimos uma vaga para a semifinal. Mesmo sabendo que estamos perto dessa marca tão importante, temos que manter o foco nas próximas adversárias, pois, se não superarmos os obstáculos, não atingiremos nosso principal objetivo, que é a medalha de ouro. Vamos descansar bastante para dar o máximo no último dia do torneio - disse.

As próximas adversárias serão as austríacas Hansel e Montagnolli. Se vencerem, as campeãs panamericanas estarão na final do torneio e lutarão para assumir o recorde brasileiro na competição internacional e igualar a marca das recordistas absolutas Walsh e May, dos Estados Unidos, com 35 ouros. Nesse momento, elas tem o mesmo número de conquistas que os campeões olímpicos Ricardo e Emanuel, com 34.

Nesta tarde, Juliana e Larissa venceram as duas partidas disputadas. Pelas oitavas-de-final, elas derrotaram a dupla Kuhn e Zumkehr, da Suíça, por 2 sets a 1, com parciais de 17/21, 21/19 e 15/8. Pelas quartas-de-final, as tetracampeãs mundiais venceram a dupla da Rússia, Ekaterina Khomyakova e Anastasia Vasina. A vitória foi por 2 sets a 1, com parciais de 23/25, 21/12 e 15/11. Para Larissa o maior desafio agora é manter o foco nas finais e não no recorde:

- Agora que fizemos o nosso dever em quadra e garantimos uma vaga na semifinal, temos que nos concentrar totalmente para o último dia do Grand Slam. Estou muito focada e com muita vontade de vencer. Vamos nos reunir com nosso técnico Reis Castro e traçar os planos para o confronto com a dupla da Áustria - afirmou.