Esquecido por Dunga, André Santos diz que Mano é alto astral

Renato Pazikas, Portal Terra

NOVA JERSEY - Titular na campanha vitoriosa da Copa das Confederações de 2009, André Santos teve muitas chances com o ex-treinador da Seleção Brasileira, Dunga. Porém, ficou de fora da convocação final para o Mundial de 2010, na África do Sul. De volta ao grupo logo na primeira lista de Mano Menezes - com quem trabalhou no Corinthians no ano passado - o lateral esquerdo do Fenerbahce (TUR) foi só elogios ao novo técnico.

"O Mano é uma pessoa super pra cima, positiva, coerente, astral muito bom. Tem um currículo invejável e tenho certeza de que vai se dar muito bem à frente da Seleção Brasileira", afirmou o jogador, que preferiu não comparar os estilos dos dois treinadores.

"São trabalhos diferentes. O Dunga tem um jeito de levar o time, uma postura diferente. Tem que respeitar cada um deles", desconversou.

Provável titular para o amistoso contra os Estados Unidos, nesta terça-feira, em Nova Jersey, o lateral reprovou o gramado do Estádio New Meadowlands. Porém, descartou usar a condição como "desculpa".

"O gramado realmente parece um carpete, a bola amortece, mas esperamos que não seja um fato ruim para a partida. Se for ruim para a Seleção Brasileira, vai ser ruim para o pessoal dos Estados Unidos também", disse.