Em estreia de Baresi, São Paulo sua para empatar com Cruzeiro

Portal Terra

DA REDAÇ O - Quando tudo se encaminhava para uma estreia frustrada de Sérgio Baresi no comando do São Paulo, Ricardo Oliveira apareceu para salvar a tarde do interino. Jogando no Morumbi contra o Cruzeiro, neste domingo, o time paulista abriu o placar, sofreu a virada no segundo tempo e empatou nos últimos minutos, garantindo o empate por 2 a 2, um resultado que acabou não agradando nenhuma equipe.

O São Paulo dominou o primeiro tempo, que viu os dois goleiros trabalharem bastante. Com uma formação nova, a equipe dominou o meio-campo e deu pouco espaço para os visitantes jogarem, que ameaçavam nos contra-ataques e nos chutes de longa distância.

O primeiro lance de perigo foi do Cruzeiro. Aos 10min, Thiago Ribeiro recebeu pelo lado direito e tocou para o estreante Montillo, que ajeitou para Henrique. O jogador chutou de primeira, e a bola passou perto do gol de Rogério Ceni. O São Paulo respondeu aos 14min, com Cleber Santana, que recebeu bom passe de Ricardo Oliveira, dentro da área pelo lado direito. Fábio fechou bem o ângulo e fez a defesa, mandando para escanteio.

Aos 21min, Montillo cobrou falta com perigo, mandando a bola perto do ângulo esquerdo. Nos minutos seguintes, Fábio fez uma série de grandes defesas. Aos 23min, Marlos lançou Ricardo Oliveira dentro da área, que recebeu livre. O atacante perdeu o tempo da bola e chutou forte, para fora.

Dois minutos depois, em cruzamento pelo lado esquerdo, Fernandão, na linha da pequena área, cabeceou no canto, e Fábio fez praticamente um milagre ao evitar o gol são-paulino. Aos 26min, os mineiros responderam com Everton, que arriscou de fora da área e obrigou Rogério a fazer boa defesa, mandando para escanteio.

Quando o jogo caminhava para o intervalo, o São Paulo abriu o placar. Em cobrança de falta pelo lado esquerdo, perto da linha de fundo, Jean botou na cabeça de Casemiro. O jogador, sem marcação, cabeceou no canto direito, marcando seu primeiro gol com a camisa tricolor.

Atrás no placar, o Cruzeiro mudou a postura e foi para cima no segundo tempo. Com isso, passou a ter mais posse de bola e a chegar com mais freqüência ao campo ofensivo. Talvez por isso, ainda no primeiro minuto, em cobrança de falta, Casemiro quase ampliou.

Depois desse lance, a equipe pouco ameaçou, e viu os mineiros crescerem. Aos 12min, Thiago Ribeiro ajeitou para Montillo, de frente para a área. O argentino bateu de primeira e mandou pelo lado esquerdo do gol.

Aos 22min, a pressão surtiu efeito. Após cruzamento pelo lado direito, a bola sobrou para Thiago Ribeiro, no segundo pau. O atacante finalizou e Rogério defendeu. No rebote, o jogador cruzou para o meio da área. Quase em cima da linha do gol, Wellington Paulista apenas empurrou de cabeça para o fundo das redes, empatando o jogo.

Aos 38min, veio a virada. Montillo fez lindo lançamento para Thiago Ribeiro, nas costas da defesa, e saiu na frente de Rogério Ceni. Com calma, o jogador driblou o goleiro e tocou para o fundo da rede, virando o jogo.

Quando parecia que o jogo ia se encaminhar para a derrota do São Paulo, Ricardo Oliveira apareceu. Aos 45min, Fernandinho fez boa jogada pelo lado direito, entrou na área e cruzou para Ricardo Oliveira, apagado até então, desviar e empatar a partida.