Basquete: exames não apontam lesão e deixam Anderson Varejão tranquilo

JB Online

LOGROÑO - O susto foi grande. Mas foi apenas um susto. Depois de um choque na partida contra a Espanha, Anderson Varejão deixou a quadra carregado, uma imagem que trouxe preocupação à comissão técnica e à torcida brasileira. Mas, algumas horas mais tarde, após fazer um exame de raio-X, a certeza de que aquilo havia sido apenas um susto. Nesta quarta-feira, dia 18, acompanhado do Dr. Carlos Andreoli (médico da CBB), Anderson Varejão passou por uma ressonância magnética onde ficou constatada apenas uma entorse leve, sem qualquer lesão no tornozelo direito. A boa notícia trouxe alívio ao ala, que deve seguir com tratamento intensivo no local - que não está muito inchado - e pode ser liberado para voltar aos treinamentos nos próximos dias.

- Foi uma pancada forte, na hora em que o espanhol caiu em cima do meu tornozelo, ouvi um estalo alto, estranho, e começou a doer muito. Os médicos pediram para que eu tivesse ajuda para sair da quadra, evitando uma sobrecarga no pé. Estava sentindo muita dor e fiquei apreensivo até fazer os exames. Ontem fiquei um pouco mais tranquilo pois não tinha acusado nada no raio-X. Ainda sinto um pouco de incômodo no tornozelo, por causa do trauma, mas estou aliviado por não ser sido algo de mais grave, uma lesão nesse momento poderia me deixar de fora da Turquia, e isso não passa pela minha cabeça - afirmou Anderson Varejão.

O Brasil está no Grupo B do Campeonato Mundial da Turquia - ao lado de Irã, Tunísia, Estados Unidos, Croácia e Eslovênia -, que será disputado entre os dias 28 de agosto e 12 de setembro.