B. Senna descarta futuro fora da F1: "vou vender coco"

Emanuel Colombari, Portal Terra

S O PAULO - Bruno Senna ainda não conseguiu bons resultados com a Hispania nesta temporada, e nem sabe se continuará na equipe em 2011. No entanto, em evento realizado nesta segunda-feira em São Paulo, o piloto não pensou duas vezes ao responder o que faria se não tivesse uma vaga na categoria na próxima temporada: deixaria de correr.

"Vou vender coco na praia", brincou Bruno Senna, rindo e arrancando risadas dos presentes. Ao falar sério, mostrou-se pouco animado a procurar outras categorias. "A Fórmula 1 é onde estão os melhores pilotos de monopostos. Esse é meu objetivo. Não há razão para procurar outro lugar para correr", completou.

Bruno disputou 11 das 12 corridas da temporada, conquistando seus melhores resultados na Malásia e na China - foi 16º em ambas. Apesar das performances discretas com a novata escuderia espanhola e de ainda estar longe da zona de pontuação, o brasileiro se mostra satisfeito com os números da temporada, e mostra otimismo com a possibilidade de conseguir uma vaga para competir em 2011.

"A gente acredita ser possível estar na Fórmula 1 no ano que vem", disse. "Claro que seria ótimo pode escolher para que equipe eu vou, mas na Fórmula 1 as coisas são muito mais difíceis do que parecem olhando de fora. Mas quero trabalhar neste ano para garantir que estarei na Fórmula 1 no ano que vem - nesta ou em outra equipe", comentou Bruno.

O brasileiro ainda disse ter "outras opções" além da Fórmula 1 para o próximo ano, mas garante que quer manter o foco na categoria. "Quero me manter na Fórmula 1. Se mudar o foco, você acaba não tendo o mesmo resultado", afirmou, sem descartar até mesmo a presença como piloto de testes no ano que vem. "Se for minha única opção e for uma opção digna, acho válida", admitiu.