Após derrota para o Flu, Grêmio confirma demissão de Silas

Portal Terra

S O PAULO - Logo depois de perder para o Fluminense por 2 a 1, neste domingo no Estádio Olímpico, o Grêmio confirmou a demissão do treinador Silas. Em má fase desde a queda na semifinal da Copa do Brasil, ele foi sacado em conjunto com o diretor de futebol Luiz Onofre Meira em anúncio feito pelo presidente Duda Kroeff ainda nos vestiários.

Entre os argumentos para as trocas, Kroeff citou a pressão dos torcedores por uma atitude que pudesse reverter a má fase do Grêmio. Em 18º lugar no Campeonato Brasileiro, a equipe dirigida por Silas vem em péssima sequência, com duas vitórias, quatro empates e quatro derrotas no período.

Especulado como um possível sucessor para Ricardo Gomes no São Paulo, Silas deixa o Grêmio com o título de campeão gaúcho. A direção gremista classificou o período como belíssimo para o clube, apesar da demissão do treinador. Ex-Avaí, ele ainda ostentou uma sequência incrível de 15 vitórias consecutivas entre fevereiro e abril.

A direção do Grêmio disse não ter outros planos em mente para o lugar de Silas. Duda Kroeff chegou a dizer que não há um perfil eleito de novo treinador.

No total, foram 25 vitórias, oito empates e 10 derrotas de Silas à frente do Grêmio.