Brasil perde para Austrália e soma quatro derrotas seguidas

Portal Terra

LYON, FRANÇA - Depois de perder para Argentina, Espanha e França, o Brasil sofreu mais um revés durante a preparação para o Mundial de Basquete da Turquia, que será realizado a partir do dia 28 de agosto. Dessa vez, o time do técnico Rubén Magnano caiu diante da Austrália, em um torneio amistoso realizado em Lyon, por 72 a 69.

A Seleção disputa a competição, denominada como Pré-Mundial. Isso porque cada um dos quatro participantes - Brasil, França, Austrália e Costa do Marfim - representa um dos grupos do Campeonato do Mundo, que começa na próxima semana.

No certame que será realizado na Turquia, o Grupo A é formado por Argentina, Sérvia, Austrália, Alemanha, Angola e Jordânia; o B aparece com Brasil, EUA, Eslovênia, Croácia, Irã e Tunísia; o C é por Grécia, Turquia, Porto Rico, Rússia, China e Costa do Marfim; e o D tem como participantes Espanha (atual campeã), França, Canadá, Lituânia, Nova Zelândia e Líbano.

A Seleção Brasileira já venceu o torneio por duas vezes, em 1959 e em 1963. Na ocasião, o primeiro campeonato aconteceu em Santiago, no Chile. A segunda edição, por sua vez, foi no Rio de Janeiro. A estreia no Mundial de 2010 está programada para o próximo sábado, contra o Irã, em Istambul.

O Jogo:

Sem Nenê, cortado devido a um estiramento muscular, o Brasil abusou das precipitações no ataque, que culminavam em jogadas de três pontos desnecessárias. A pontaria também estava muito ruim e apenas sete conversões foram efetuadas em 32 tentativas.

Os brasileiros chegaram a ter dez pontos de vantagem no primeiro tempo e ficaram à frente até o último quarto. Entretanto, a marcação caiu no final e a Austrália tomou a liderança com um arremesso de longa distância de Joe Ingles. A partir daí, o time australiano não foi mais ameaçado.

Marcelinho Huertas, recuperado de uma tendinite no joelho, terminou o duelo como o maior pontuador da Seleção, com 17 pontos. Pela Austrália, Patrick Mills foi o melhor neste aspecto, com 15.

Tiago Splitter e Anderson Varejão tiveram atuação apagada no duelo.