Felipão admite encerrar carreira em 2014 treinando outro país

Portal Terra

SÃO PAULO - Em entrevista publicada nesta segunda-feira (26) pelo jornal Folha de S. Paulo, o técnico Luiz Felipe Scolari reconheceu ainda pensar em treinar a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014. Porém, contratado pelo Palmeiras até dezembro de 2012, Felipão disse que poderia até disputar o Mundial por "qualquer seleção", e destacou que o Brasil tem condições de superar o fantasma do vice-campeonato de 1950.

"Quem passou lá dentro (da Seleção) fica muito marcado. Mas eu não tenho o sonho (de 2014) só com a Seleção Brasileira. Eu gostaria de encerrar a minha carreira esportiva dirigindo qualquer seleção. Quem sabe até da América do Sul", disse o treinador, antes de admitir o temor por um novo fracasso brasileiro em casa. "Todo mundo teme. Outro dia, num evento no Recife, o (ex-zagueiro) Ricardo Rocha falou: 'ô, professor, olha que em 2014, quem pegar, pelo amor de Deus, porque aquele fantasma...'. Já passou, encerrou. Agora é 2014. Temos condições, bom time. Vai ter uma meninada boa", completou, com discurso defendendo a necessidade de superação do episódio.