Depois de 16 anos, Raúl deixa o Real Madrid

JB Online

MADRI - Um dos maiores ídolos da história do Real Madrid, o atacante Raúl deixa o clube depois de 16 anos. Ele vai para o clube alemão, Schalke 04 e definiu a saída do clube espanhol o momento "mais difícil" da carreira.

Ele deu entrevista coletiva para oficializar a despedida. "Hoje é um dia muito difícil para mim. Jogar pelo Real Madrid é o maior sonho que poderia imaginar. Ainda me sinto um jogador e quero seguir me sentindo assim enquanto meu corpo me permitir", falou emocionado.

Centenas de torcedores acompanharam a cerimônia de despedida no estádio Santiago Bernabéu. "Durante todos esses anos busquei para este clube o máximo. Hoje, mais do que nunca, quero que todos saibam que em cada jogada, em cada drible, em cada corrida, em cada finalização e em tudo mais que fiz no campo, deixei meu máximo", afirmou.

Florentino Pérez, presidente do Real Madrid falou sobre a saída do ídolo e símbolo do clube. "Sempre estará conosco, não vamos esquecê-lo. É o capitão do Real Madrid, mas decidiu pôr fim à sua etapa como madridista", disse.

A saída do jogador surpreendeu até mesmo os jogadores dos clubes adversários. O lateral brasileiro Maxwell, que joga no Barcelona, comentou a saída do ídolo madrilenho.

"Nunca pensei em ver Raúl em outra equipe, mas se ele tem vontade de fazer outras coisas, é preciso respeitá-lo", comentou.