Isner cai em Wimbledon após ganhar jogo mais longo da história

Portal Terra

LONDRES - O esforço de mais de 11 horas realizado por John Isner para chegar à segunda rodada do torneio de Wimbledon só valeu pela notoriedade da partida. Nesta sexta-feira, o americano foi facilmente derrotado pelo holandês Thiemo de Bakker por 3 sets a 0, parciais de 6/0, 6/3 e 6/2, e está eliminado.

Curiosamente, desta vez a partida foi bastante rápida, com Bakker assegurando a sua classificação em apenas uma hora e 14 minutos. Mais irônico ainda é que ele caiu em apenas 23 games, o menor número de uma partida completa na edição 2010 da disputa - na estreia, contra o francês Nicolas Mahut, ele jogou a partida com mais games na história: 183.

Novo recordista de aces em um só jogo (foram 112 diante do primeiro rival), Isner desta vez não marcou um ponto sequer direto no saque. Visivelmente cansado, o tenista dos Estados Unidos cometeu 32 erros não-forçados, contra cinco de Bakker. Ele também teve um aproveitamento de apenas 45% nas bolas do primeiro saque.

Na próxima rodada, o holandês terá pela frente o vencedor do duelo entre o russo Mikhail Youzhny e o francês Paul-Henri Mathieu.