CBF evitará estrelas da música brasileira em lançamento de 2014

Allen Chahad, Portal Terra

JOHANNESBURGO - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), por meio de sua diretoria de comunicação, avisou nesta quarta-feira, em Johannesburgo, que evitará a presença de estrelas da música nacional no evento de lançamento da logomarca da Copa do Mundo de 2014.

"São entre três ou quatro grupos, não muito conhecidos. Com certeza teremos Bossa Nova, que é um dos nossos principais ritmos", disse Rodrigo Paiva, diretor de comunicação da entidade.

"Como há diversidade na nossa cultura musical, vamos tentar sair das nossas influências africanas. O pessoal já está faz quatro anos ouvindo esse ritmo", explicou Paiva, citando o período de preparação da África da Sul para a edição deste ano do Mundial, que terá início nesta sexta-feira.

O evento será realizado no dia 8 de julho, três dias antes da final do Mundial de 2010. Haverá a exibição de três vídeos para contados 108 jornalistas credenciados. Será uma espécie de pontapé inicial da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. "Vamos dar uma mensagem, digamos, de que agora é conosco", disse Paiva.

O presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro do esporte Orlando Silva Junior, além do presidente da CBF e do Comitê Organizador de 2014 Ricardo Teixeira, estarão presentes. O comandante da Fifa Joseph Blatter também falará no centro de convenções do Hotel Michelangelo, que fica em Sandton, bairro nobre da cidade sul-africana.