Vuvuzelas correm risco de banimento, diz jornal sul-africano

Portal Terra

JOHANNESBURGO - As vuvuzelas, tradicionais cornetas dos torcedores sul-africanos, podem estar com os dias contados nos estádios da Copa do Mundo, informou o jornal local Times desta terça-feira.

Secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke afirmou que as vuvuzelas podem causar surdez e que a entidade estuda o fornecimento de tampões para o ouvido e até o banimento deste instrumento caso seja usado de forma hostil.

Autoridades sul-africanas categorizaram as críticas como depreciativas e infundadas. Amadas pelos torcedores locais, as vuvuzelas foram "cornetadas" por muitos jogadores e técnicos estrangeiros que tiveram contato com elas na Copa das Confederações do ano passado.

Kirsten Nematandani, presidente da Federação Sul-Africana de Futebol (Safa, na sigla em inglês), disse que não conhece nenhum caso de danos ao ouvido por uso da vuvuzela e apoiou seu uso de forma pacífica, afirmando que faz parte do jeito alegre de torcer de seus conterrâneos.