"Brasil e Portugal não devem estar dormindo direito", diz Eriksson

Ricardo Setyon, Portal Terra

JOHANNESBURGO - O técnico sueco da Costa do Marfim, Seven-Goran Eriksson, voltou a afirmar que o Grupo G é o mais competitivo da Copa. "Brasil e Portugal não devem estar dormindo direito", disse o treinador, que viu seu time empatar por 2 a 2 com a seleção paraguaia, no último domingo, em amistoso realizado na França, após estar vencendo por 2 a 0.

De acordo com Eriksson, a força individual da Costa do Marfim é inquestionável, e seu trabalho, neste momento, se dirige ao entrosamento dos atletas.

"Eu tenho excelentes jogadores. Pena que eles não joguem juntos", afirmou o técnico. "Eles são extremamente talentosos. A motivação ainda pode melhorar. Falta crescer a disciplina tática. Estamos com pouco tempo e esse será o foco do meu trabalho", acrescentou o sueco.

Segundo o treinador, Brasil, Coreia do Norte, Costa do Marfim e Portugal podem fazer uma boa competição. "Todas as seleções (do Grupo G) podem passar para a segunda fase, e todas podem ficar para trás", disse Eriksson, que já havia opinado que entre os africanos, somente Costa do Marfim e Gana são candidatos a sensação na Copa do Mundo.