Vaiado, Minotouro vence americano em decisão polêmica de juízes

Portal Terra

SÃO PAULO - Apesar da superioridade técnica e do amplo favoritismo, o brasileiro Antonio Rogério Nogueira, mais conhecido como Minotouro, teve muito trabalho para vencer o americano Jason Brilz, por pontos, na disputa do título da categoria meio-pesado no UFC 114.

Neste sábado, em uma decisão muito apertada, Minotouro perdeu o primeiro round por 28 a 29, mas venceu os dois últimos por 29 a 28, o que provocou a vaia dos torcedores que prestigiavam o lutador local.

O adversário de Minotouro seria o americano Forrest Griffin, e não Brilz, mas uma lesão do primeiro alterou o adversário do brasileiro, o que parece ter tido efeito em seu desempenho, já que sofreu para impor o seu domínio, principalmente quando a luta se dava no chão. Por pouco o americano não venceu no segundo round por estrangulamento.

Quando o combate aconteceu com os lutadores em pé, no final do segundo assalto e mais claramente no terceiro, Minotouro conseguiu aplicar bons golpes em Brilz e dominar, o que lhe garantiu os pontos salvadores que levaram os juízes a declarar o brasileiro campeão, apesar da torcida contra. Com a vitória, Minotouro chegou a 19 na carreira, com apenas três derrotas.

Em outro combate da noite, o britânico Michael Bisping não deu muitas chances ao americano Dan Miller, vencendo a luta com decisão unânime dos juízes: foram dois rounds por 30 a 27 e um por 29 a 27.