Sul-africanos põem Neymar em ausências da Copa e o comparam a Pelé

Portal Terra

ÁFRICA DO SUL - A lista de 23 nomes de Dunga já saiu há mais de duas semanas, mas as polêmicas pelos nomes ausentes da Seleção na Copa do Mundo ainda repercutem nos jornais sul-africanos. A edição deste domingo do boletim Let's Go 2010, do jornal The Times, traz uma reportagem sobre as baixas do Mundial.

No destaque principal, a foto do jovem atacante Neymar. De acordo com o artigo, Dunga deixou de trazer diversos nomes, entre eles o do santista "que foi (quantas vezes não escutou isto antes?) comparado a Pelé".

O boletim fala ainda da ausência do lateral Roberto Carlos, que segundo o jornal teve a idade de 37 anos como peso crucial para não ir ao Mundial. Porém, como todos os sul-africanos nas ruas, a maior surpresa do periódico é pela baixa de Ronaldinho na África do Sul.

Segundo o Let's Go 2010, o meia do Milan teve uma pressão popular ao seu favor, mas não conseguiu convencer Dunga a entrar na lista final para a disputa da Copa.

"A pressão pública em cima de Dunga pela convocação de Ronaldinho foi intensa, mas pelo sistema que criou que obtém muito sucesso, embora seja marcado pelo pragmatismo, preferiu deixar ele de fora".

O jornal ainda cita como sentidas entre as baixas da Seleção Brasileira, as ausências do zagueiro Alex, do Chelsea, e dos atacantes Adriano e Alexandre Pato.