Com novas medidas, Fifa quer evitar apostas ilegais na Copa

Portal Terra

ÁFRICA DO SUL - Por intermédio do órgão Early Warning System GmbH (EWS), a Fifa irá monitorar todas as partidas da Copa do Mundo de 2010 com o intuito de evitar apostas ilegais durante a competição. Nesta sexta-feira, a entidade divulgou medidas para impedir a manipulação de resultados.

Sistema criado em julho de 2007 pela Fifa para garantir a integridade do esporte, o EWS tem um acordo de cooperação com 400 casas de apostas e demais organizações envolvendo o assunto, conforme informou nesta sexta. Qualquer suspeita de irregularidade, nesse contexto, será imediatamente divulgada à entidade.

Entre as iniciativas específicas anunciadas pelo órgão, está a distribuição de panfletos a todos os envolvidos no Mundial (jogadores, dirigentes, árbitros, demais membros das delegações) contendo informações sobre as apostas e o telefone da EWS, que assegura a confidencialidade em caso de alguma denúncia.

Presidente da Fifa, Joseph Blatter ainda informou haver um trabalho conjunto com a Interpol, que oferecerá "um forte apoio" à luta contra as apostas ilegais.