revista francesa chama Adriano de "suicída profissional"

JB Online

DA REDAÇÃO - A reputação de Adriano volta a ficar abalada no futebol europeu. A revista francesa especializada em futebol So Foot publicou no início do mês de maio uma matéria de dez páginas sobre a trajetória do atacante do Flamengo afirmando que, depois de Garrincha (que teve problemas com alcoolismo) ele seria o maior A publicação do dia 5 de maio afirma que o centroavante é o maior "suicida profissional".

A publicação da revista traçou um perfil profissional do jogador dando destaque para seus problemas extra campo. A matéria da revista francesa lembra que o drama de Adriano começou após a trágica morte de seu pai, em outubro de 2004, quando as viagens para o Brasil aumentaram e os refúgios do jogador na Vila cruzeiro também. A revista lembrou os problemas de depressão e que o jogador tinha convocado coletiva anunciando o fim de sua carreira, em 2008.

Por último, a publicação destaca o retorno de Adriano ao Flamengo, clube que o revelou, e sua participação na conquista do título brasileiro no ano passado. Entretanto, as constantes faltas a treinos e a confusão em baile funk pesaram na convocação de Dunga para a Copa do Mundo da África do Sul.