Jornal: ministro defende trocas e vê Copa possível com 6 estádios

Portal Terra

SÃO PAULO - O temor de alguns dirigentes brasileiros quanto à demora nas obras para a Copa do Mundo de 2014 já gera insatisfação e também os primeiros planos de mudança radical na estratégia, de acordo com o que foi divulgado nesta quarta-feira pelo jornal O Estado de S. Paulo. Preocupado com o andamento do projeto e a resistência de alguns clubes quanto às reformas, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, sugeriu que cidades sem condições devem ser substituídas ou excluídas da lista original, vendo também como possível as chances de realizar o Mundial com apenas seis estádios.

Durante o lançamento do modelo de fiscalização da Copa do Tribunal de Contas da União, Bernardo deixou clara a intenção de evitar socorrer municípios e Estados que estejam em atraso com o projeto inicial e manifestou o desejo de rever "todo o debate" se ainda tivesse tempo. ministro ainda pediu agilidade nos processos de licitação e empréstimos para obras estruturais e para melhorar o trânsito nas cidades, mas destacou que "o governo não vai fazer estádio".