Governo cria consórcio para preparar Olimpíadas de 2016

Agência Brasil

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa hoje (12) da solenidade de assinatura de medidas que criam a Autoridade Pública Olímpica (APO). Será ao meio-dia no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Estarão presentes o ministro do Esporte, Orlando Silva, o governador do Rio, Sérgio Cabral, e o prefeito da cidade, Eduardo Paes.

A APO é um consórcio formado pelos governos federal, do estado do Rio e da prefeitura da capital fluminense. A criação do consórcio é uma das garantias oferecidas pelo Brasil ao Comitê Olímpico Internacional (COI) durante a candidatura da cidade do Rio para sediar os Jogos Olímpicos e Paraolimpicos de 2016. O objetivo é coordenar os serviços públicos, a implementação e a entrega de toda a infraestrutura para a organização e a realização dos Jogos.

Após a cerimônia, o ministro Orlando Silva dá entrevista coletiva, na sala de briefing do CCBB.