De olho nas ruas de Monte Carlo, Barrichello sai em defesa de Dunga

Portal Terra

MÔNACO - Em Mônaco para a disputa do GP de Monte Carlo que será disputado no domingo, o piloto Rubens Barrichello aprovou a convocação da Seleção Brasileira que vai disputar a Copa do Mundo. Segundo o brasileiro da Williams, o técnico Dunga fez o certo em levar Júlio Baptista, Grafite e companhia para a África do Sul.

"Sou brasileiro com orgulho e torço pelo Brasil. O Dunga certamente faz o mesmo. Não é hora de julgar e sim de torcer. Vamos com ele e com todos os jogadores convocados", analisou o piloto brasileiro.

Na 12ª colocação do mundial de Fórmula 1 com 7 pontos somados em cinco corridas, Barrichello disse que a atualização feita pela William no GP da Espanha precisarão ser adaptadas para as ruas de Monte Carlo.

"Teremos de repetir os testes em Mônaco, que é uma pista bem específica e é preciso ter um cuidado especial no acerto do carro. É totalmente diferente de Barcelona e a classificação será crucial. Mônaco é um circuito muito especial", disse o brasileiro, que acredita que o excesso de carros no grid de largada, com a presença das novas equipes, trará problemas para o acontecimento da corrida.

"Sem dúvida será o ponto mais falado do fim de semana. Tenho certeza que os pilotos prestarão o dobro de atenção para que tudo dê certo", declarou Barrichello.

Os treinos livres preparatórios para o GP de Mônaco começarão na quinta-feira. O treino classificatório será no sábado e a corrida no domingo. Jenson Button foi o ganhador da corrida no ano passado, com Barrichello terminando na terceira posição.